Não podia deixar de partilhar convosco um filme que me comoveu muito. Penso que passou despercebido do grande público mas vale mesmo a pena ver. Fala de música e de um rapaz que, através do amor pela música, reencontra os seus pais.

Gosto de pensar que o meu filho é um ser livre e nem sequer crio muitas expectativas em relação a como gostava que ele fosse. Será ele próprio e o aceitarei assim mesmo. Mas, se pudesse escolher apenas um detalhe acerca da sua personalidade (ok, para além de que seja um ser humano BOM), é que sinta esta mesma paixão pela música… que nos eleva ao céu e nos proporciona asas para voar…

 

* Muito obrigada a todas as mensagens carinhosas que me escreveram. Um abraço 2 em 1 🙂

Anúncios